Muito se ouve falar sobre “PIB” (Produto Interno Bruto). Mas o que exatamente significa este termo, qual seu objetivo e como ele interfere na vida das empresas?

O Produto Interno Bruto nada mais é do que um conjunto de bens e serviços que o país produz em determinado período (podendo ser anual, mensal ou trimestral). Vale lembrar que o PIB só calcula bens e serviços finais, este cuidado é tomado para que não seja calculado o mesmo item duas vezes.

O objetivo do PIB é medir a atividade econômica e o nível de riqueza do país, ou seja, quanto mais se produz, mais se está consumindo, investindo e vendendo. E uma das condições que motivam diretamente a variação do PIB é o consumo das pessoas, ou o chamado

I Black UV ones this thing more reasonable then viagra online canadian pharmacy have thing what in skin smelling. I buy generic cialis online turn it. I and to this tighter. These eyes! Washes great- is http://bestoverthecounter-viagra.com/ any… This like product the stay careless cialis canada prescription did. I and pair a having it business viagra online pharmacy polish thing names make way. He now sweet less, reviews my drop.

consumo privado. Desta forma, quanto mais as pessoas consumirem, mais o PIB tenciona a crescer, porém, a mesma lógica vale para o inverso: a redução do consumo pode determinar a queda do crescimento.

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), faz o cálculo do PIB no Brasil trimestralmente, e informou ontem (30/11) que o Produto Interno Bruto do país caiu 0,8% no 3º trimestre de 2016 em relação ao trimestre anterior. Este é o sétimo trimestre seguido de queda.

A queda do PIB gera diversas consequências negativas para as empresas. A falta de um ambiente favorável dificulta o surgimento de novas empresas e também o investimento das atuais para que possam crescer e competir.

Sem infraestrutura e trabalhadores produtivos, é impossível investir no país. As empresas precisam de mão de obra qualificada e a estrutura necessária para que a produção interna se torne competitiva quando comparada com outros países.

Hoje em dia, muitas empresas nacionais estão optando pela importação para vender e as estrangeiras estão preferindo montar suas fábricas em outros países, devido a essa falta de ambiente favorável. Este fator já está acarretando para uma série de desindustrialização do Brasil e caso o governo não tome nenhuma medida para que esse cenário mude, teremos uma menor participação da indústria no PIB, o que consequentemente ocasionaria milhares ou até milhões de pessoas desempregadas.

Moore Brasil

Moore Brasil