Transparência e compromisso com a educação guiam a organização, que há três anos consecutivos é contemplada pelo Criança Esperança

Madiba, apelido carinhoso de Nelson Mandela, dá nome ao instituto fundado em 2014 na cidade de Sacramento, Minas Gerais, com o propósito de enriquecer o aprendizado de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social que estudam em escolas públicas. 

“Não é só acreditar que a educação, de fato, pode mudar o mundo. É fazê-los entender, na prática, o potencial que eles têm para mudar o curso das suas próprias histórias e de todos ao redor. Esses jovens têm uma capacidade incrível”, diz Marize Cunha Rezende Cerchi, uma das fundadoras da entidade, ao passar pelo hall “Abayoni” do Instituto Madiba, que em português significa “encontro precioso”.

É pelo encontro precioso de um adolescente com o conhecimento, que o Instituto Madiba trabalha diariamente, oferecendo, de forma gratuita, biblioteca, aulas de gameficação e robótica, cursinho pré-vestibular, capacitação profissional e universidade.

A seleção é realizada em etapas e prevê o acompanhamento regular dos alunos nas escolas públicas, entrevistas com assistente social, interações com terapeuta, participação ativa nas aulas, entre outros.

Além de uma grade curricular de qualidade e parcerias com grandes nomes da educação, como Universidade Mackenzie, Instituto de Oportunidade Social, Plataformas Descomplica, SuperGeeks, Imagine e Professor Ferreto, o Instituto Madiba conta com profissionais e professores de ponta, verdadeiramente comprometidos com o processo, alguns, inclusive, formados pela própria entidade.

Nas melhores empresas de Sacramento aos corredores de faculdades de enfermagem, medicina, psicologia, direito, entre outras além das fronteiras da cidade, é possível cruzar com alunos formados pelo Instituto Madiba. A ex-aluna Joseli da Silva, por exemplo, ficou em terceiro lugar no vestibular de 2021 para enfermagem na UFU. “Eram cinco vagas na minha modalidade”, diz com satisfação.

 

A seriedade emerge com o Estatuto Social

A seriedade de uma entidade do terceiro setor é perceptível desde o seu Estatuto Social, documento equivalente à certidão de nascimento de uma organização que estabelece as suas regras de conduta. O Instituto Madiba atua de acordo com seu Estatuto Social e acredita que pode evoluir cada vez mais no que diz respeito à gestão e governança.

Antes de ter suas demonstrações financeiras auditadas, a entidade passou por consultoria da Moore de Ribeirão Preto, visando adequar suas demonstrações financeiras às práticas contábeis adotadas no Brasil, proporcionando dessa forma, maior confiabilidade e transparência às informações financeiras apresentadas aos seus parceiros e público em geral.

“Ter nossas demonstrações financeiras auditadas pela primeira vez é um marco para o instituto. É uma certeza de que estamos no caminho certo e de que bons frutos estão sendo semeados”, conclui Marize.

Alexandre Tadeu, sócio-diretor da Moore responsável pela auditoria, explica que o relatório dos auditores independentes emitido para o Instituto Madiba, sem ressalvas, se refere ao exercício de 31 de dezembro de 2021 e que a entidade tem plena condições de prosperar. “Parabenizo o esforço de toda a equipe, seja o time interno da entidade, seja do time da ATM Contabilidade de Sacramento, que não mediu esforços para atender nossas solicitações”, conclui.

É para ajudar empresas e pessoas a prosperarem que a Moore faz o que faz diariamente. As empresas evoluem e toda uma comunidade ganha. No final das contas, a Moore dá credibilidade a sonhos. Isso é o que fazemos.

Moore Brasil