No Brasil existem 3 tipos diferentes de uniões empresariaisAs uniões entre empresas têm sido um assunto bem presente entre as notícias do mundo coorporativo. O setor automotivo, alimentício e até o bancário fazem parte de algumas das fusões que presenciamos nestes últimos tempos. Apesar das partes envolvidas serem de caráter privado, você sabia que esta união de corporações podem influenciar toda a sociedade e causar impacto na economia do país? No Brasil, existem 3 tipos de uniões empresariais, saiba como funciona

cada um deles:

– Concentração: trata-se do tipo onde a “Empresa A” se une a “Empresa B” e dá origem a “Empresa C”. São duas corporações que formam uma nova companhia e a soma dos patrimônios envolvidos são divididos entre os donos. Com isso, ambas tem a possibilidade de expandir seus negócios e controlar a concorrência dentro do seu setor.

– Incorporação: nesta modalidade, a “Empresa A” se une a “Empresa B” que deixa de existir, ou seja, as duas passam a ser a “Empresa A”. Este é um dos tipos mais lucrativos para a corporação, pois elas dividem os gastos e multiplicam o seu público. A “Empresa B” traz para a “Empresa A” os seus clientes fiéis e passa a ter menos concorrência no mercado.

– Cisão: este é o tipo mais diferenciado, é quando a “Empresa A” se une a “Empresa B” e formam a “Empresa D”, diferente das duas originais. Esta fusão se caracteriza por ser de um setor específico. Se duas empresas alimentícias fundem suas áreas de transporte, elas criam outra companhia com um novo foco, assim as empresas continuam trabalhando separadamente com um negócio em comum. Este tipo é vantajoso por estarem presentes no mercado de maneiras diferentes e com clientes distintos.

Na maior parte dos casos, este procedimento tem o objetivo de cortar custos sem alterar a qualidade do produto e ter um domínio maior sobre a concorrência de mercado. Para a sociedade, esta prática pode ter vantagens e desvantagens. Uma empresa pode comercializar um produto com o foco em determinado público, enquanto a outra deve atender a demanda de um público diferente (oferecer o produto mais acessível). Contudo, o que pode acontecer também é o poder econômico ficar cada vez mais concentrado na mão de um grupo e por consequência acontecer o aumento de preços de determinados produtos e serviços, já que não existem muitas opções no mercado, por isso é bom ficar atento quanto aos prós e contras de uma união entre empresas.