Aprimorando a gestão de fornecedores

 A gestão de fornecedores envolve as ações de identificação, aquisição e gerenciamento de produtos e recursos necessários para administrar uma empresa.

Os principais objetivos no gerenciamento de fornecedores são:

  • Controlar os custos de produtos;
  • alocar recursos de forma eficiente; e
  • coletar informações para serem usadas em decisões estratégicas de negócios.

Com isso, espera-se que a empresa consiga potencializar seus lucros e ganhar eficiência.

O primeiro passo em uma gestão de fornecedores é a definição dos critérios principais para avaliação de seus produtos e suas características de negócio.

É importante a empresa elaborar critérios específicos, de acordo com a sua realidade mercadológica e orçamentária.

Os pontos mais comuns que costumam ser avaliados são:

  • Nível de atendimento (service level agreement);
  • agilidade de entrega;
  • disponibilidade de produto;
  • flexibilidade de produção para aumentar ou diminuir o volume negociado;
  • qualidade e funcionalidade do produto;
  • condições de pagamento;
  • preço justo e de acordo com o mercado/custo-benefício, entre outras métricas.

A partir da lista de critérios, a empresa deverá coletar e cadastrar informações de fornecedores e produtos, com base nos parâmetros previamente definidos, para avaliar quais são os mais eficientes e consistentes com as preferências da empresa.

Diante disso, ter uma visão estratégica sobre os fornecedores, categorizando-os com relação a sua importância para o negócio, é fundamental.

Dentro dessa categorização, é importante avaliar o impacto daqueles sobre a continuidade das operações, sobre os custos e sobre o fluxo de caixa da empresa, para definir a abordagem mais adequada para cada perfil.

Aliás, esse assunto é tema deste artigo, que analisa a gestão de fornecedores sob a ótica da continuidade dos negócios, em decorrência da crise pela qual estamos passando por causa da Covid-19.

A gestão de fornecedores deve ser um processo contínuo, com o estabelecimento das rotinas de atualização das avaliações dos fornecedores, para saber se eles ainda atendem as necessidades da sua empresa.

Essa boa prática pode ajudar o seu negócio neste momento de crise, com a finalidade de encontrar novos fornecedores, caso os atuais não consigam cumprir os contratos ou entregar produtos no prazo determinado.

Esta planilha gratuita pode contribuir muito para a gestão dos seus fornecedores.

Gustavo Sobrinho

Gustavo Sobrinho

Diretor de consultoria especialista em finanças da Moore Belo Horizonte
gustavo@moorebrasil.com.br